0

Tomar café da manhã diariamente pode diminuir as chances de acidente vascular cerebral (AVC)

31/01/2016 16:10 - Dr. João Gabriel Ribeiro

Tomar café da manhã diariamente pode ser benéfico para a prevenção de AVC, particularmente AVC hemorrágico, segundo novo estudo. O estudo foi publicado em janeiro de 2016 na revista internacional Stroke, e foi conduzida pela Universidade de Medicina de Osaka, no Japão.

Estudos científicos prévios (tanto em países do ocidente quanto do oriente) já haviam demonstrado que o hábito de não tomar café da manhã está associado ao aumento na prevalência de obesidade, hipertensão, dislipidemias e intolerância à glicose. Todos esses, fatores bem conhecidos para doença cardiovascular.

No entanto, nunca um  guideline recomendou que adultos tomem café da manhã diariamente para prevenir doenças cardiovasculares. Ainda não existem evidências suficientes que suportem essa recomendação.

Os autores conduziram esse estudo prospectivo para avaliar se “pular” o café da manhã (ou seja, ir direto para o almoço) está associado ao aumento de riscos para AVC e doença coronariana na população japonesa em geral. Para o estudo, 82.772 japoneses (homens e mulheres) entre 45 e 74 anos sem história prévia de doença cardiovascular ou câncer foram seguidos de 1995 a 2010. Os participantes eram perguntados sobre o hábito de tomar café da manhã e classificados em 0-2, 2-4, 5-6 ou 7 vezes por semana. Durante o seguimento de 15 anos, houve um total de 3772 AVCs (1051 AVCs hemorrágicos, 417 hemorragias subaracnóideas, e 2286 infartos cerebrais) e 870 casos de doença coronariana.

Uma análise multivariável mostrou que os participantes que nunca tomam café da manhã apresentam maiores riscos para doença cardiovascular e AVC (principalmente o risco para AVC hemorrágico), comparado àqueles pacientes que tomam café da manhã diariamente.

Não houve associação significativa entre a frequência do hábito do café da manhã e o risco de doença coronariana.

Resultados similares foram observados mesmo após a exclusão de eventos cardiovasculares precoces.

Avaliando-se que o maior fator de risco para hemorragia cerebral é hipertensão arterial sistêmica (especialmente aumentada pela manhã) os pesquisadores ressaltam que nesse estudo aqueles que tomavam café da manhã diariamente eram menos propensos a apresentarem picos pressóricos do que aqueles que pulavam o café da manhã, embora isso não foi estatisticamente significativo.

Alguns estudos prévios já haviam demonstrado que a hemorragia cerebral ocorre mais frequentemente pela manhã do que no restante do dia. Outros estudos reportaram reduções na pressão arterial com o hábito de tomar café da manhã. Um grupo sugeriu que pular o  café da manhã (e ir direto ao almoço) está associado a hiperatividade no eixo hipotálamo-hipófise-adrenal devido ao maior período de jejum, levando a picos pressóricos matinais.

Outro estudo prévio também evidenciou uma associação significativa entre o hábito do café da manhã e o risco de doença coronariana em homens dos EUA. Eles sugerem que a diferença entre o resultado deste estudo pode ser devido a populações distintas. Por exemplo, no Japão a prevalência de doença coronariana é menor e a prevalência de AVC, particularmente hemorragias cerebrais, é maior se comparado com países ocidentais.

Os pesquisadores ressaltam o ponto que os “puladores do café da manhã” também eram mais propensos a ter outros hábitos de vida não saudáveis. Mas, esse estudo ainda demonstrou significativa associação inversa entre a frequência do café da manhã e o risco de hemorragia cerebral mesmo após o ajuste para vários tipos de dieta e hábitos de vida. Devido o estudo ter caráter observacional podem haver outros fatores de confusão que não foram avaliados.

E aí? Você tomou café da manhã hoje?

João Gabriel Ribeiro Gomes

Saiba mais em:

Stroke. 2016 Jan 5. pii: STROKEAHA.115.011350. [Epub ahead of print]

Association of Breakfast Intake With Incident Stroke and Coronary Heart Disease

The Japan Public Health Center–Based Study

Yasuhiko Kubota, MD, Hiroyasu Iso, MD, PhD, Norie Sawada, MD, PhD, Shoichiro Tsugane, MD, PhD, The JPHC Study Group

Risco de Evento vascular naqueles que nunca tomam café da manhã x aqueles que sempre tomam café da manhã

Evento

Risco Relativo (Intervalo de Confiança de 95%)

Valor P

Doença Cardiovascular total

1,14 (1,01 – 1,27)

0,013

AVC total

1,18 (1,04 – 1,34)

0,007

Hemorragia Cerebral

1,36 (1,10 – 1,70)

0,004

       

O professor, neurocirurgião e radiocirurgião Dr. João Gabriel, ministra as aulas dos cursos "Os 10 passos de um bom exame neurológico: tudo que todo médico precisa saber" e "Minicurso: aprenda o passo a passo sobre abertura e fechamento do protocolo de morte encefálica".

Leia também:  Você sabe o que é Radiocirurgia?

163 joao grabriel

Dr. João Gabriel Ribeiro

NEUROCIRURGIA

Comentários